Véu x grinalda, afinal qual escolher?

Atualizado: 23 de ago.

Vai casar e está na dúvida se usa véu e grinalda?


Quando se fala em casamento a primeira imagem que nos foi condicionada a pensar é uma mulher lindíssima com um vestido deslumbrante desfilando de véu e grinalda com um buquê de flores entrando pela igreja.


Mas, muitas mulheres não sabem a diferença entre véu e grinalda, até virar noiva e ter que decidir se vai usá-los ou não. E se na hora da escolha do vestido citarem que você ainda pode escolher uma mantilha também? Aí que começa a confusão.


Afinal, qual a diferença? Como decidir qual usar?


Bom, primeiro você precisa entender que a sua imagem comunica, e cada escolha que você faz você deve estar consciente de que vai comunicar algo para todos os envolvidos, inclusive para você mesma.


A sua imagem pode influenciar nas suas emoções transmitindo confiança, mistério, glamour, e é importante entender que tudo isso irá compor junto da escolha da maquiagem, cabelo, e até a decoração do evento. Afinal as fotos irão registrar todos esses complementos, certo?

Mas, calma, foi para te ajudar a esclarecer e decidir que eu trouxe aqui nesse post tudo o que você precisa saber sobre véu e grinalda.


 

Véu x grinalda

Véu é um tecido transparente, confeccionado em tule, colocado na cabeça da noiva e preso com um adereço que chamamos de grinalda. Também é importante entender todo o significado histórico por trás do uso do véu, que pode te ajudar a optar ou não por usar ele no seu casamento.


Ambos existem vários tipos e é importante conhecê-los para decidir qual usar, que é o que irei te apresentar agora.


Tipos de véu

Existem vários tipos de véu, todo liso, com aplicações de renda, pequenos bordados, com víeis de cetim, podendo variar de tamanho: curto, médio e longo.



Curto


Véu ombro

Esse tipo de véu é uma perfeita combinação se o seu vestido é tomara que caia ou o se o seu vestido possui longas mangas com muita informação.


Uma vez que a altura do véu pode sobrecarregar as informações impressas no vestido.



Véu Voilette

Um estilo bem diferenciado para noivas, é tipo uma espécie de tela que cobre parte do rosto. Um item que fez bastante sucesso entre as atrizes Hollywoodianas nas décadas de 40 e 50 e ainda continua sendo uma opção para você que adoraria adicionar um detalhe vintage ao estilo de noiva.




Médio


Ponta de dedo

Uma das versões que fica na altura da cintura ou um pouco abaixo, mais ou menos na altura da ponta dos dedos das mãos, explicando o nome.


É uma opção perfeita e curinga para diferentes estilos e horários de casamento. Sendo uma opção mais leve que os véus longos e também muito elegante.





Véu cotovelo

Outra opção de véu médio é o véu cotovelo que como o próprio nome já diz fica na altura dos cotovelos da noiva e pode ser usado sobre o penteado ou abaixo dele.


É uma proposta de leveza combinando com vestidos retos mais simples.




Longo



Véu capela

Uma das opções que costuma ficar uns 15cm mais longos que o vestido de noiva podendo ultrapassar até 4 metros de comprimento como o véu catedral.






Véu catedral

Estende-se ao longo do caminho da noiva e é um estilo bastante tradicional e marcante. Dá pra combinar com diferentes estilos de vestido e com casamentos mais clássicos.








Duas camadas

Uma versão composta por duas camadas sendo uma mais curta que a outra.

Mas também pode funcionar em outros tamanhos de véu como o curto e o médio.


E claro, precisamos falar da mantilha. Enquanto o véu traz leveza a mantilha é mais pesada pois é toda trabalhada na renda.


Mantilha


A mantilha só é considerada mantilha mesmo quando trabalhada em aplicações de renda seja na barra, no meio ou no tule inteiro.


Em resumo o véu é liso e a mantilha tem renda, simples assim, né?








Grinalda


A grinalda nada mais é que qualquer acessório utilizado no penteado da noiva. Seja uma coroa de pedras, com flores, naturais, tiara, pente, grampo com aplicações, enfim… existe uma infinidade de opções.


Independente da escolha é importante que os acessórios da noiva “converse” com o vestido e todo conceito do casamento.


Agora que você já sabe o que é cada acessório eis a questão: usar ou não usar? E qual escolher?


Escolher é sempre uma etapa difícil, principalmente se você é uma pessoa bem indecisa.

Como profissional da beleza que trabalha com imagem pessoal, eu aconselho você a escolher um foco. Por exemplo: pense no que você já tem certeza, o que está decidido até agora? O que você faz questão e não abre mão de usar no seu casamento? O resto é complemento e você pode pedir opinião da sua estilista ou a pessoa que irá cuidar do vestido de casamento pra você.


É imprescindível que todas as opções sejam testadas no dia da prévia de produção junto a última prova do vestido. Testar o look completo pode te dar mais segurança e te ajudar a decidir de maneira mais assertiva.


DICA: Entenda sobre o estilo do seu casamento. Casamentos mais luxuosos em igrejas, ou salões de festa fechados, a noite não tem a mesma composição de um casamento mais simples, de dia, no campo pela manhã por exemplo. Tudo vai depender do conceito que você sonhou para o seu grande dia, confie no seu instinto. Por isso busque sempre referências visuais e peça ajuda a profissionais de estilo.


Você não é obrigada a optar por algum deles, noiva também pode optar por não escolher nenhuma dessas opções e casar seu véu ou mantilha e muito menos grinalda.


O casamento é seu e o seu dia merece ser lembrado da forma que você se sentir melhor. Não existe regras.

2 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo